Sacolas Plásticas

Você sabia que originalmente as sacolas plásticas foram inventadas numa tentativa de “salvar o planeta”?

Pois é…

Parece absurdo que um dos maiores problemas ambientais da atualidade tenha surgido nesse contexto, mas vamos entender isso melhor!

As sacolas plásticas foram uma invenção do engenheiro sueco Sten Gustaf Thulin, em 1959.

A ideia surge como alternativa às sacolas de papel, cuja produção intensa resultava na derrubada de muitas árvores.

Assim, o engenheiro propôs as sacolas plásticas, pois poderiam ser utilizadas inúmeras vezes, muito mais do que uma sacola de papel.

Além de terem maior durabilidade, não precisaria cortar árvores para fabricá-las.

No entanto, ao invés de usar e reutilizarmos a mesma sacola várias vezes, na verdade nos acostumamos a descartá-las.

Para o engenheiro, as sacolas plásticas tinham grande valor, tanto que ele não as descartava, mas as utilizava muitas vezes, até ficarem desgastadas. Ou devolvia aos estabelecimentos depois de usar. 

Em entrevista ao canal BBC, o filho de Thulin disse que para o pai a ideia de que as pessoas simplesmente jogassem as sacolas plásticas fora seria bizarra.

Porém, nas últimas décadas, as sacolas plásticas acabaram  gerando grandes impactos ambientais pelo descarte incorreto.

Além disso, como a maioria não é reciclada, vai parar em aterros, sobrecarregando-os e levando vários anos para se degradar.

Contudo, com a pandemia, essa questão se tornou mais complexa…

Além das sacolas, tivemos que descartar diversos itens de plástico com maior frequência por questões de segurança.

Sacolas de plástico são recicláveis?

As sacolas de plásticos até são recicláveis, porém trata-se de um material muito leve.

O fato de geralmente os materiais serem contados por peso nas cooperativas coloca as sacolinhas plásticas em desvantagem nessa questão, conforme colocado pela Ecycle.

Além disso, é mais difícil fazer a separação, limpeza e descontaminação, pois além de leve, é um material muito fino, geralmente. Todas essas questões fazem com que seja economicamente inviável reciclar as sacolinhas plásticas comuns.

Em função de todo esse dilema, muitos países baniram as sacolas plásticas de seus estabelecimentos comerciais e diversas outras alternativas foram se popularizando como forma de reduzir o consumo e descarte de sacolas plásticas.

Existem sacolas feitas de plástico oxi-degradável, plástico compostável e outras que podem ser descartadas de maneira menos agressiva ao ambiente.

Além das sacolas retornáveis/reutilizáveis feitas de PEAD (polietileno), TNT e ráfia.

Alternativas

Apesar das diversas alternativas, qualquer sacola causa algum impacto ambiental desde a fabricação até seu descarte, de modo que o estilo de vida de cada pessoa é um “fator” que deve ser considerado.

Cada pessoa tem uma frequência e um volume de compras que costuma fazer, logo, existem sacolas mais “ideais” para cada tipo de caso, uma vez que cada uma possui uma capacidade de carga específica e um número limitado de reutilização. 

Conforme colocado pelo Ecycle, “uma pessoa que vai pouco ao supermercado e não faz muitas compras, a opção da sacola compostável pode ser a de menor impacto.

Já para quem vai com frequência a supermercados ou padarias, podem ser mais eficientes as sacolas de tecido de algodão, TNT, de ráfia ou a de plástico retornável (PEAD – polietileno)”, por exemplo.

Uma ação adotada por muitos brasileiros também é reutilizar as sacolinhas plásticas comuns para embalar o lixo a ser descartado. Mas, se possível, dê preferências às sacolas reutilizáveis e utilize-as até o fim de sua vida útil.

As Ecobags, por exemplo, além de podermos utilizar diversas vezes, geralmente são feitas de materiais recicláveis como PETs.

Por isso também é muito importante lembrar de destinar suas garrafas PET para reciclagem!

Resumindo, não importa quantas invenções ou melhorias sejam feitas, o que faz realmente a diferença continua sendo o consumo consciente! 

É você, no seu dia-a-dia, que tem a responsabilidade de avaliar seu padrão de consumo e procurar torná-lo menos impactante ao meio ambiente. 

Recicle e dê preferência à materiais e objetos reutilizáveis, retornáveis e recicláveis.

Quer reciclar?

recicla.se conecta você com catadores de todo o Brasil! Acesse nosso site clicando aqui e cadastre seus resíduos.

Pequenas atitudes transformam o mundo! 

Deixe uma resposta