Papel celofane é reciclável ?

Papel celofane é reciclável?

O papel celofane é aquele utilizado principalmente para embrulhar presentes, alimentos e até flores, mas você sabe se ele é reciclável ou não ? 

Antes de saber, vamos entender melhor o que é esse material.

O papel celofane é uma folha fina e transparente, feita de regenerados de celulose.

Apesar de ser chamado de papel, trata-se de um polímero derivado da celulose, biodegradável e permeável à umidade.

O celofane tem o aspecto de uma película fina, transparente, flexível e resistente a esforços de tensão, porém muito fácil de ser cortado.

Sua baixa permeabilidade ao ar, óleos, graxas, bactérias e água faz com que seja útil para embalagens de alimentos e produtos como velas, verduras, assados, flores, entre outros.

Segundo a Celomax, esse material surgiu no início do século XX, quando o químico suíço Jacques E. Brandenberger teve a ideia de inventar um pano de revestimento para ser mais resistente às manchas, tornando-o impermeável.

Por volta de 1908, ele desenvolveu o primeiro aparelho para a fabricação de folhas transparentes de celulose regenerada e após alguns anos começou a produção de papel celofane comercializando-o para fins industriais.

Em 1924, a DuPont construiu a primeira fábrica de papel celofane nos Estados Unidos e contratou o químico William Hale Charch , que passou três anos desenvolvendo um verniz nitrocelulose que, quando aplicado a Celofane, o tornava à prova de umidade, triplicando a venda do material a partir de então.

Em alguns países como o Reino Unido, por exemplo,  “celofane” é uma marca registrada e de propriedade do Grupo Innovia Films.

No entanto, nos EUA e alguns outros países, “celofane” tornou-se marca comercial.

Então, muitas vezes é utilizado informalmente para se referir a uma grande variedade de produtos de filme, mesmo aqueles que não são feito de celulose, tais como filme plástico (Celomax).

Reciclável ou não?

O papel celofane é como se fosse um plástico. No entanto, diferente do plástico comum, ele não pode ser reciclado.

Os plásticos recicláveis são polímeros feitos a partir do petróleo, enquanto que o celofane é um polímero natural feito a partir da celulose extraída de plantas e árvores. 

Apesar disso, o celofane é biodegradável, podendo ser compostado ou enviado para aterro sanitário com lixo comum.

Portanto, você pode (e deve) descartá-lo junto ao lixo comum que será levado ao aterro sanitário.

A decomposição do verdadeiro celofane (feito com celulose revestida) leva cerca de 80 a 120 dias quando enterrado ou compostado (comodescartar.com.br)

Apesar do material ainda não ser reciclável, uma pesquisa realizada na Universidade Federal de Santa Catarina mostrou que é possível utilizar celofane pós-consumo na fabricação de bandejas de polpa de celulose.

Então, não é nada impossível de que no futuro encontremos uma solução economicamente viável que torne o papel celofane reciclável.

Até lá… descarte adequadamente seus resíduos e destine o que for possível para a reciclagem. A recicla.se conecta você com catadores de todo o Brasil!

Acesse nosso site clicando aqui e cadastre seus resíduos.

Recicle! Pequenas atitudes transformam o mundo! ♻️

Deixe uma resposta